Trabalho

  •  Trabalhe EUA

    Trabalhe nos Estados Unidos

    Tenha uma experiência em seu currículo e destaque-se no mercado de trabalho! A duração dos programas e a remuneração variam de acordo com a experiência escolhida:

     

    Disney - Cultural Exchange Program

     

    Idioma: Inglês Fluente.

    Experiência: Já pensou em trabalhar na melhor e maior empresa de entretenimento do mundo?

    Trabalhamos com recrutamento de estudantes para trabalhar nos parques e hotéis do complexo Walt Disney World® Resort, na Flórida.

    O Disney Cultural Exchange Program acontece durante as férias de verão do Brasil e a experiência permite aos participantes uma completa vivência do lifestyle americano, além do aperfeiçoamento de habilidades pessoais e profissionais. É a forma mais divertida para dar um upgrade no seu inglês – e também no seu currículo!

    Pré-requisitos:

    Ter no mínimo 18 anos até a data de início do processo seletivo;

    Ter inglês fluente;

    Ser estudante universitário regularmente matriculado em curso de bacharelado presencial reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) e com calendário acadêmico regular;

    Estar cursando, até a data de embarque, entre o segundo e o último semestre de um curso universitário de graduação, bacharel com duração mínima de quatro anos e que seja reconhecido pelo MEC;

    Ter disponibilidade para iniciar e completar o programa a partir de meados de novembro até o começo de março do ano seguinte;

    Possuir condições financeiras para custear bilhete aéreo de ida e volta, seguro de saúde internacional exigido pela Disney, as primeiras duas semanas de acomodação, taxa assessement fee (valor revertido para conservação do condomínio, eventos etc) e  despesas de visto;

    Estar apto a morar com participantes do programa vindos de diferentes países e culturas;

    Ser extrovertido, alegre e flexível.

    Importante: O recrutamento deste programa é destinado a quem nunca participou de nenhum processo seletivo no Walt Disney World Resort em Orlando, na Flórida, ou na Califórnia.

    Caso você já tenha participado (é Alumni) e tenha algum interesse em voltar para outro programa da Disney, acesse o site do Disney International Programs para obter maiores informações (o recrutamente é feito diretamente pela equipe Disney).

    Principais benefícios do programa:

    Crescimento pessoal;

    Imersão em uma cultura diferente;

    Aproveitar as férias ganhando uma experiência de trabalho internacional;

    Possibilidade de praticar a língua inglesa em ambientes formais e informais;

    Possibilidade de fazer novos amigos de diversos países do mundo;

    Intercâmbios de trabalho oferecem boa relação custo-benefício;

    Poder estar em um ambiente de desenvolvimento de competências e atitudes como flexibilidade, jogo de cintura, visão de mundo e capacidade de negociação e adaptação, que fazem a diferença para iniciar uma carreira de sucesso.

    Poder aproveitar o “Grace Period”, período de férias que o aluno têm após o seu programa, que permite que ele faça uma viagem de um mês para se divertir nos Estados Unidos.

    Tudo o que você precisa saber sobre o programa

    Duração: De 2 a 3 meses (Data estabelecida pela Disney). Você ainda tem direito ao “Grace Period”, que são 30 dias para viajar como turista pelos Estados Unidos ao terminar o programa (não é permitido trabalhar ou estudar durante este período).

    Funções: Como regra do governo americano, para todos os estudantes de todos os países, as funções são básicas e operacionais, sendo exercidas em um dos parques e hotéis da Disney.

    Merchandising (lojas);

    Quick service (lanchonetes);

    Seater (restaurantes);

    Character performer (personagem);

    Character attendant (assistente do personagem);

    Custodial (auxiliar de limpeza);

    Attractions (brinquedos e atrações);

    As funções não são necessariamente relacionadas à área de formação do estudante e são estabelecidas pela Disney, sendo que não é possível escolher a posição de trabalho ou o local.

    Jornada de Trabalho: É variada. São garantidas 30 horas de trabalho, mas é possível ultrapassar isso, podendo incluir finais de semanas e feriados dependendo da demanda. Em alguns casos, existe a possibilidade de horas-extras, mas as condições também dependem da demanda.

    Remuneração: O mínimo é de US$ 10 por hora trabalhada.

    Acomodação: Todos os Cast Members moram em um dos quatro condomínios do complexo Disney: Patterson Court, Vista Way, Chatham Square e The Commons. Os custos são de responsabilidade do participante e variam de acordo com o condomínio e com a quantidade de pessoas que moram no apartamento.

    O aluguel varia de US$ 99 a US$ 130 por semana, cobrado por Cast Member. Os apartamentos podem comportar de 2 a 8 pessoas, sendo que o participante não pode escolher com quantas pessoas, com quem e em qual condomínio irá morar – isso é estabelecido pela Disney. Ser flexível quanto a isso é um dos requisitos do programa, já que não se pode alterar onde se irá morar.

    Assessement fee: Poucas semanas antes do seu embarque a taxa de USD 354,50 deverá ser paga por meio de cartão de crédito internacional diretamente à Disney.

    Essa taxa não será reembolsável e é referente a:

    Taxa de conservação do condomínio onde você irá morar e também para festas e eventos no condomínio - USD 154,50;

    Valor referente a crédito para as duas primeiras semanas da acomodação - USD 200.

    Cada apartamento possui os seguintes equipamentos:

    Quarto: cômoda com espelho, dois criados-mudos e duas camas twins ou beliche (roupa de cama e de banho não estão inclusas).

    Sala de jantar: mesa com cadeiras (o número depende de quantas pessoas o apartamento acomoda).

    Cozinha: geladeira, fogão, micro-ondas, cesta de lixo, utensílios de cozinha (pratos, copos, talheres, vasilhas e panelas).

    Sala de estar: sofá, poltrona, escrivaninha com uma cadeira, duas mesas de canto e uma mesa de centro.

    Itens adicionais: Cortina de chuveiro, cestas de lixo (cozinha e banheiros), telefone (chamadas locais para Orlando são gratuitas), serviço de manutenção (incluindo controle de pragas), serviços públicos (eletricidade, água e coleta de lixo), acesso à internet (cabo) e cabo para conectar TV local.

    Itens do condomínio: Laboratórios de informática, lavanderia, segurança, piscina, quadras de basquete e vôlei (pode não existir em alguns dos condomínios).

    Refeições: São de responsabilidade do estudante e o custo varia de acordo com seus hábitos e necessidades.

    Transporte: É providenciado pela Disney o transporte dentro do complexo (dos condomínios para os hotéis, parques, Disney Springs (antigo Downtown Disney) e supermercados).

    Como funciona o processo seletivo? O processo seletivo é composto por duas etapas.

     

    Work and Travel

     

    Idioma: Inglês Intermediário.

    A experiência de trabalhar nos EUA: Nas suas próximas férias universitárias, faça uma viagem que pode representar um grande passo na sua carreira. Aproveite esta oportunidade de trabalhar nos Estados Unidos e ganhar experiência internacional antes mesmo de sair da universidade.

    Você vai praticar o seu inglês com pessoas de vários lugares do mundo, em ambientes formais e informais, e ainda vai desenvolver diversas habilidades profissionais em uma empresa americana.

    E para fechar com chave de ouro, você terá direito ao “Grace Period”, que é um mês de permanência nos EUA para você viajar e explorar o que país oferece de melhor.

    Sobre o programa operadora Work and Travel: Aproveitar as férias para conhecer uma nova cultura, tendo contato com pessoas diferentes e conhecendo novos cenários é o plano de muita gente. E se isso incluir uma oportunidade de trabalho nos Estados Unidos, onde você testará novas capacidades e desenvolverá os seus talentos, melhor ainda. E é tudo isso que o Programa de Trabalho nas Férias oferece para você. Regulamentado pelo governo norte-americano, este programa proporciona uma experiência profissional, durante as férias, para jovens universitários com idade entre 18 e 28 anos.

    No Brasil é feito orientação e pré-seleção dos estudantes brasileiros de acordo com os pré-requisitos do programa para obtenção do visto J1 Work and Travel, que permite ao estudante trabalhar nos Estados Unidos em cargos operacionais como camareiro, instrutor de esqui, garçom, auxiliar de cozinha, hostess, assistente de vendas, caixa etc.

    O recrutamento é realizado pelos empregadores ou pelos sponsors que são organizações americanas que têm permissão do Departamento de Estado Americano para a emissão do documento DS-2019 – necessário para requisição do visto.

    Nós poderemos ajudar a encontrar a vaga de trabalho ideal para você ou então, caso esteja disposto a buscar oportunidades por conta própria, por meio de contatos, internet e outros meios de comunicação, cuidamos de toda a parte burocrática e tornamos possível a sua viagem.

    Este é um programa para jovens adultos, independentes, que procuram uma experiência de trabalho no exterior para desenvolvimento pessoal e enriquecimento do currículo.

    Pré-requisitos:

    Ter entre 18 e 28 anos;

    Inglês intermediário ou avançado + (teste de nível oral obrigatório);

    Flexibilidade para trabalhos operacionais, mudanças de cidade e funções;

    Proatividade na solução de problemas;

    Ser universitário regularmente matriculado em curso superior.

    Perfil do participante: Os programas de intercâmbio para experiências de trabalho, são direcionados a estudantes universitários que queiram ampliar sua experiência internacional e profissional.

    7 Perguntas que ajudam a avaliar seu perfil:

    Estou disposto a me adaptar a uma cultura diferente da minha e trabalhar sob regras rígidas?

    Estou disposto a investir meu dinheiro, sem garantia de retorno financeiro, para morar temporariamente nos EUA sem meus pais ou meus amigos, contando apenas com o meu trabalho e recursos próprios?

    Sou capaz de negociar melhores condições de acordo com os meus objetivos e agir proativamente?

    Sou capaz de preparar minha alimentação, bem como selecionar o que é melhor pra mim, dentro do orçamento disponível?

    Sou capaz de cuidar da minha própria saúde, recorrendo à ajuda profissional, se necessário?

    Consigo morar sozinho ou dividir o espaço com outras pessoas, em um ambiente sem luxo e cuidando da limpeza do local?

    Reconheço a importância de uma experiência de trabalho nos EUA para o meu currículo e crescimento pessoal?

    Se você disse “sim” a todas as perguntas, tem grandes chances de ter um programa de sucesso! Mas não se esqueça: a experiência do intercâmbio é construída pelo participante. A forma como você encara os desafios determina o resultado!

    Benefícios do Programa Work And Travel:

    Crescimento pessoal.

    Imersão em uma cultura diferente.

    Aproveitamento das férias ganhando uma experiência de trabalho internacional.

    Possibilidade de praticar a língua inglesa em ambientes formais e informais (em algumas regiões o espanhol também é muito utilizado).

    Possibilidade de fazer novos amigos de diversos países do mundo.

    Intercâmbio de trabalho oferecem boa relação custo x benefício.

    Proporciona um ambiente de desenvolvimento de competências e atitudes, tais como: flexibilidade, jogo de cintura, visão de mundo e capacidade de negociação e adaptação. Comportamentos que fazem a diferença para iniciar uma carreira de sucesso.

    O “Grace Period” permite que você faça uma viagem de um mês após o término do programa para se divertir nos Estados Unidos.

    Tudo que você precisa saber sobre o programa

    Duração: De 3 a 4 meses (estabelecido pelo empregador). Você ainda tem direito ao “Grace Period”, 30 dias para viajar ao terminar o programa.

    Funções: Como regra do governo americano, para todos os estudantes de todos os países, as funções disponíveis são básicas e operacionais, tais como atendente, cozinheiro, caixa, camareiro, recepcionista, motorista, garçom, assistente de cozinha etc. As posições de trabalho não são necessariamente relacionadas à área de formação do estudante.

    Jornada de Trabalho: Varia de acordo com a necessidade do empregador.  São comuns semanas com 20 a 40 horas de trabalho, mas é possível ter menos ou mais horas, podendo incluir finais de semanas e feriados, dependendo da demanda. Em alguns casos, existe a possibilidade de horas extras, mas as condições serão combinadas exclusivamente entre participante e empregador. Alguns empregadores também permitem que você tenha um segundo emprego.

    Remuneração: Média salarial durante o programa fica entre US$ 7,25 a US$ 12,00 por hora, variando conforme empregador e função. Para as funções que oferecem gorjeta a remuneração fixa costuma ser menor, pois as gorjetas complementam o salário. Esses detalhes serão informados na oferta de trabalho. Note que cerca de 10% do salário será deduzido (referente a taxas e impostos). Ao chegar no Brasil, você pode requerer parte desta dedução de volta.

    Acomodação: É uma responsabilidade do participante providenciar o lugar onde ficará durante o programa. O empregador ou a organização americana poderão indicar uma acomodação mais conveniente. Os custos são de responsabilidade do participante e variam de acordo com a localidade. Considere um mínimo de US$ 350 por mês. Normalmente, as acomodações são em hotéis ou albergues simples da região, alojamentos para funcionários ou residências. Em muitos casos você poderá dividir o quarto com colegas.

    Refeições e Transporte: São pagos pelo estudante e o custo varia de acordo com seus hábitos e necessidades. Em alguns casos, o empregador poderá oferecer descontos.

     

    Au Pair

    Idade: De 18 a 26 anos.

    Idioma: Inglês intermediário.

    Duração: 1 ano, com possibilidade de extensão por mais 6, 9 ou 12 meses.

    Remuneração: USD 195,75 por semana.

    Experiência como Au Pair: Ser Au Pair é mais do que uma experiência profissional, é uma experiência de vida. Você terá a oportunidade de vivenciar o dia a dia de uma família que mora nos EUA e de suas crianças, sua cultura e seus hábitos, fazer parte de sua rotina e aprender muito com isso. E além de tudo, você vai praticar o inglês, receber uma remuneração e aproveitar as férias para viajar pelos Estados Unidos.

    Sobre o programa Au Pair: O Au Pair é um programa de trabalho remunerado, estudo e intercâmbio cultural nos EUA, com duração mínima de um ano, você poderá vivenciar e participar ativamente da vida nos Estados Unidos, cuidando de crianças. Regulamentado pelo governo norte-americano, é oferecido apenas a candidatas do sexo feminino, pois as colocações ocorrem de maneira mais rápida e as famílias sentem-se mais confortáveis em receber meninas.
    O termo Au Pair vem do francês e significa “ao par" ou "igual". A participante irá morar na casa de uma família americana, tornando-se parte dela, e participará de todas as rotinas e atividades da casa.

    O intercâmbio para Au Pair inclui acomodação e refeições, bolsa de estudos, férias remuneradas, assistência médica internacional. Também faz parte um workshop em New York na primeira semana, para aprender sobre a cultura americana, cuidados específicos infantis, como é a alimentação nos EUA e quais são as brincadeiras que as crianças mais gostam, além de passagens de ida e volta.

    Pré-requisitos:

    Gostar de crianças;

    Ser do sexo feminino;

    Ter segundo grau completo;

    Ter entre 18 e 26 anos;

    Ter inglês intermediário;

    Possuir experiência comprovada de, no mínimo, 300 horas com crianças (que não sejam familiares);

    Ter disponibilidade de permanência de 12 meses nos EUA;

    Ter carteira de habilitação e saber dirigir;

    Ser solteira e sem filhos.

    Como são as famílias americanas que recebem Au Pairs?

    Selecionadas pelo suporte local da organização americana;

    Cidadãos americanos ou residentes locais nos EUA;

    Classe média ou alta;

    Geralmente trabalham fora;

    Podem ser single ou couple parents;

    Podem pertencer a diversas crenças religiosas;

    Podem ter mais de quatro filhos;

    80% já teve uma Au Pair em casa;

    Média de três crianças;

    Moram em cidades pequenas ou em subúrbios de grandes cidades;

    São hospitaleiras e gostam de troca cultural.

    Tudo o que você precisa saber sobre o programa: Como membro da família americana, você entrará na divisão de tarefas domésticas da casa.

    A maioria das famílias possui automóvel, mas nem todas os emprestam ou deixam disponíveis para a Au Pair utilizar. Por isso, durante a entrevista com sua host family pergunte sobre as condições de transporte público da cidade.

    O programa exige carteira de motorista nacional e internacional antes do embarque e é necessário que a candidata tenha prática na direção.

    90% das host families vivem em cidades de tamanho médio ou em subúrbios (próximos às grandes cidades), mas existem famílias que moram em cidades bem pequenas e afastadas.

    As host families realizam entrevistas por telefone com as candidatas, portanto, quanto mais a candidata tiver experiência com crianças, mais chance terá de receber a colocação.

    Quando ocorrem os embarques? Nossa sugestão é que você entregue seu application com 6 meses de antecedência da data que pretende embarcar. O tempo de colocação é de, no mínimo, 6 meses. Tudo vai depender do seu perfil.

    Como é o suporte nos EUA? Antes de embarcar você receberá os contatos da sua Area Director. É ela quem acompanhará todo o seu programa e estará disponível para o que você precisar. Logo na primeira semana você receberá uma ligação dando-lhe as boas-vindas e para saber como você está.

    As Area Directors são extremamente profissionais e qualificadas para atender às necessidades e possíveis problemas.  Elas avaliam tanto o lado da Au Pair quanto o das famílias. Além disso, elas participam do dia a dia das Au Pairs e ajudam a esclarecer informações sobre a região onde irão morar, carteira de motorista local, escolas onde elas poderão fazer o curso, entre outras dúvidas que possam surgir.

    Ela será o seu principal contato com a organização do programa. Ele te ajudará em diversas situações, como na escolha do curso, a não se sentir saudades de casa e também promoverá encontros mensais com outras Au Pairs da região. Enfim, ela será responsável por você durante todo o seu programa.

    Monitor de Acampamento nos Estados Unidos

    Idade: De 18 a 30 anos.

    Idioma: Inglês Avançado.

    Duração: 9 a 10 semanas.

    Ajuda de Custo: De USD 1650,00 a USD 1800,00 (ao final do programa).

    A experiência de ser um monitor de acampamento nos EUA: Durante dez semanas de muita diversão, o monitor faz parte da tradição americana de trabalhar em um acampamento de verão, desenvolvendo atividades ao ar livre com crianças e adolescentes e cercado pelas belezas naturais dos Estados Unidos. Após concluído o programa, o participante tem direito ao “Grace Period”, mês de permanência nos Estados Unidos para viajar e explorar o que país oferece de melhor.

    Sobre o programa: Conhecido como Camp Counselor, o programa recruta candidatos independentes, com muita disposição e que procuram uma experiência de trabalho nos Estados Unidos para desenvolvimento pessoal e enriquecimento do currículo.

    Os participantes passam dez semanas, entre os meses de junho e agosto, cuidando de crianças e adolescentes de cinco a 17 anos, sendo líderes e educadores, ajudando os jovens no desenvolvimento de seus talentos e na descoberta de seus poderes e paixões pessoais. Durante todo o programa, os monitores estarão cercados pela natureza e terão a chance de vivenciar a cultura americana e aprimorar suas habilidades durante o processo.

    O recrutamento é realizado exclusivamente pela operadora no Brasil, que possui como parceiro a CIEE, uma organização americana responsável pelo programa e que conta com a permissão do Departamento de Estado Americano para emissão do documento DS-2019 – necessário para requisição do visto. 

    Pré-equisitos:

    Ter entre 18 e 30 anos;

    Inglês avançado (teste de nível oral obrigatório, realizado na operadora);

    Disponibilidade para trabalhar durante dez semanas nos EUA, durante os meses de junho a agosto;

    Possuir experiência com crianças e adolescentes;

    Ter experiência em funções de liderança;

    Ser proativo na solução de problemas;

    Ter muita energia para acompanhar os jovens;

    Ser muito amistoso, entusiasmado, tolerante e cauteloso;

    Ter disposição para desempenhar atividades que demandem muita energia e que sejam ao ar livre.

    Benefícios do programa:

    Crescimento pessoal;

    Imersão em uma cultura diferente;

    Compreensão mais profunda da cultura dos Estados Unidos;

    Obter experiência de trabalho internacional;

    Possibilidade de praticar a língua inglesa em ambientes formais e informais;

    Possibilidade de fazer novos amigos de diversos países do mundo;

    Boa relação custo x benefício;

    Ambiente de desenvolvimento de competências e atitudes, tais como: flexibilidade, jogo de cintura, visão de mundo e capacidade de negociação e adaptação. Tais comportamentos fazem a diferença para iniciar uma carreira de sucesso;

    Possibilidade de desenvolver habilidades de liderança, ensino e independência;

    Possibilidade de compartilhar a cultura brasileira;

    “Grace Period”, que permite que o monitor faça uma viagem de um mês após o término do programa para se divertir nos Estados Unidos.

    Tudo o que você precisa saber sobre o programa

    Duração: De 9 a 10 semanas.

    Os acampamentos preferem contratar os candidatos que tenham disponibilidade para começar o programa o mais cedo possível e que possam trabalhar por até dez semanas.

    As datas de início e término do programa são variáveis e serão definidas pelo acampamento para o qual o participante foi contratado.

    Tipos de programa, valores e formas de pagamento: Os acampamentos preferem contratar os candidatos que tenham disponibilidade para início o mais cedo possível e que possam trabalhar por até dez semanas. Os candidatos que têm disponibilidade para fazer o programa entre 1 de junho e 25 de agosto têm maiores chances de contratação.

    Camp Counselor (First Time) - Candidatos que irão participar do programa pela primeira vez e irão se candidatar para vagas em acampamentos conveniados com a CIEE.

    Taxa de aplicação ao programa: USD 200 (Pagamento à vista no momento da inscrição)

    Taxa do programa: USD 400 (Pagamento à vista no momento em que for contratado)

    Taxa da primeira participação: USD 0 (Pagamento à vista no momento em que for contratado)

    Total: USD 600 + USD 100 (Taxa de Atendimento*: Pagamento à vista no momento da inscrição)

    * Taxa de atendimento operadora não reembolsável, independente da contratação ou não do candidato.

    Camp Counselor Direct Placement: Candidatos que nunca fizeram o programa anteriormente e já possuem uma oferta de trabalho em um acampamento.

    Taxa de aplicação ao programa: USD 200 (Pagamento à vista no momento da inscrição)

    Taxa do programa: USD 400 (Pagamento à vista no momento em que for contratado)

    Taxa de colocação direta: USD 200 (Pagamento à vista no momento em que for contratado)

    Total: USD 700 + USD 100 (Taxa de Atendimento*: Pagamento à vista no momento da inscrição)

    * Taxa de atendimento operadora não reembolsável, independente da contratação ou não do candidato.

    Camp Counselor – Returnee: Ex-participantes do programa Camp Counselor com a  CIEE que foram convidados para trabalhar no mesmo acampamento.

    Taxa de aplicação ao programa: USD 200 (Pagamento à vista no momento da inscrição)

    Taxa do programa: USD 400 (Pagamento à vista no momento em que for contratado)

    Taxa de colocação direta: USD 350 (Pagamento à vista no momento em que for contratado)

    Total: USD 850 + USD 100 (Taxa de Atendimento*: Pagamento à vista no momento da inscrição)

    * Taxa de atendimento operadora não reembolsável, independente da contratação ou não do candidato.

    Funções: As funções do Camp Counselor variam de acordo com suas experiências e habilidades, podendo ser divididas em:

    Cabin Counselor: Participante responsável pela orientação e cuidado permanente das crianças e adolescentes durante todo programa. Geralmente, dorme no mesmo alojamento que as crianças. Além de supervisioná-las, auxiliá-las nas atividades rotineiras e na resolução de conflitos, os cabin counselors também irão entretê-las.

    Activity Specialist: Considerados especialistas, esses monitores possuem experiência ou formação/habilidade em uma atividade específica. São os responsáveis pela instrução das crianças e adolescentes em atividades relacionadas à sua experiência, como: esportes terrestres e aquáticos, equitação, culinária, música, dança, artesanato, cerâmica, escalada, arco e flecha, skate, dentre outros.

    Jornada de Trabalho: O participante trabalha em regime de dedicação exclusiva às crianças/adolescentes do acampamento, portanto deve estar disposto a se dedicar dia e noite ao cuidado delas, tendo apenas algumas horas livres para o descanso em um dia de trabalho. Esse é um programa que demanda muito empenho e energia dos monitores, pois eles são responsáveis pelas crianças 24h por dia e devem sempre estar muito animados para diverti-las.

    Folgas: Os dias de folgas são determinados por cada acampamento, mas, geralmente, os participantes costumam ter um dia de folga por semana ou algumas noites.

    Ajuda de custo: Os participantes que concluírem o programa com sucesso terão direito a receber uma ajuda de custo, que irá variar de acordo com sua idade:

    Até 21 anos: USD 1650,00.

    Acima de 21 anos: USD 1800,00.

    *Bônus de USD 100 será oferecido para participantes contratados como ACA Recognized Certificate Lifeguard.

    *Bônus de USD 100 será oferecido para participantes contratados para trabalhar em acampamentos Special Needs (acampamento para crianças com necessidades especiais).

    Acomodação: O participante fica hospedado no alojamento do acampamento e, em muitos casos, dorme no mesmo quarto que as crianças/adolescentes, sendo responsável por cuidar delas durante a noite. Os tipos de acomodação podem variar de acampamento para acampamento, podendo ser desde alojamentos de alvenaria e madeira até cabanas.

    Refeições: São oferecidas pelo acampamento. Geralmente, o Camp Counseler se alimenta junto com as crianças/adolescentes.

    Meet & Greet (Orientação inicial): Na maioria dos acampamentos, os monitores contam com uma orientação inicial oferecida pela CIEE. Os participantes são informados antes do embarque se o acampamento para o qual ele foi selecionado irá optar ou não pelo Meet & Greet – alguns podem não solicitar que os monitores participem dessa orientação inicial.

    Geralmente, as orientações acontecem um dia antes da data de início do programa, em um hotel. Durante elas, os participantes têm a oportunidade de se conhecer e recebem as informações relacionadas ao programa. Acomodação e café da manhã estão incluídos durante a orientação.

    Transporte: Os participantes que participam do Meet & Greet são responsáveis por pagar o transporte do aeroporto até o hotel onde acontece a orientação, e de lá até a estação de trem, ônibus ou aeroporto para chegar ao acampamento.

    A CIEE se responsabiliza pelo pagamento do voo doméstico do Meet & Greet até a cidade do camp, mas participantes são responsáveis pelos gastos com transporte desse aeroporto até o acampamento.

    Tipos de acampamento:

    Traditional Camps (Acampamentos tradicionais): a maior parte dos monitores é contratada para os tradicionais acampamentos americanos – aqueles típicos dos filmes, onde são desenvolvidas diversas atividades, especialmente ao ar livre, que vão desde artesanato, atividades aquáticas e gincanas. Esses acampamentos são particulares e podem ser mistos, aceitando meninos e meninas, ou divididos por gênero. Nos Estados Unidos, há uma tradição em que as famílias inscrevem os seus filhos nos mesmos acampamentos em que seus pais ou avós participaram muitos anos antes.

    Agency/Nonprofit (Sem fins lucrativos): esses acampamentos são mantidos por agências de fundo social que financiam o funcionamento do projeto.  Eles podem atender participantes de idades variadas e podem ser mistos ou separados por gêneros. O estilo pode ser mais rústico, no qual os participantes dormem em cabanas, ou tradicionais, com alojamentos em edifícios. Esses acampamentos não têm fins lucrativos e podem ser muito parecidos com os tradicionais particulares, com a diferença de seguirem a missão da agência que é responsável pelo projeto.

    Girl Scouts (Acampamento de escoteiras): acampamento direcionado apenas para meninas e, geralmente, com duração de uma ou duas semanas. São focados no desenvolvimento de habilidades relacionadas à natureza e à prática de atividades ao ar livre.  Na maior parte desses acampamentos, a acomodação é feita em tendas ou cabanas e as meninas são incentivadas a desenvolverem o escotismo.

    Disadvantaged/Underprivileged (Acampamento para crianças desprivilegiadas): esses acampamentos são administrados por instituições filantrópicas e são voltados para crianças de baixa renda que vivem em cidades rurais.  Costumam ser bastante rústicos e são mantidos por organizações filantrópicas.

    Religious Affiliated (Acampamentos religiosos): são acampamentos filiados às igrejas cristãs ou judaicas e seguem suas filosofias religiosas. Eles costumam oferecer aos participantes tanto atividades religiosas quanto  atividades não religiosas.

    Specialty (Acampamentos de especialidades): geralmente, são focados em atividades específicas, como equitação, vela ou teatro. Os Specialty Camps também pode ser voltados para grupos específicos, como crianças que possuem TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) ou que sofreram algum tipo de perda e necessitam de uma atividade especial.

    Special Needs (Acampamento para crianças com necessidades especiais): são voltados para crianças que têm uma ou mais necessidades especiais, podendo ser portadores de deficiência física, mental ou emocional. Geralmente, são os acampamentos mais desafiadores para os Camp Counselers, pois demandam muita paciência e dedicação, mas são um dos mais gratificantes.

  •  Trabalho Voluntário

    Trabalho Voluntário: Contribua para um mundo melhor! São diversos projetos em diferentes países. Escolha o que mais combina com o seu perfil e enriqueça o seu currículo com essa experiência.
    Você deseja ter uma experiência única e que fará diferença na vida de quem realmente precisa? Tem vontade de viajar, ajudar pessoas e ainda aprimorar o idioma no exterior?
    Se a resposta for positiva, nós temos o programa certo para você!
    No Trabalho Voluntário no Exterior, além de conhecer um novo país e um novo idioma, você trabalha em benefício de uma causa. O programa de Intercâmbio Voluntário vai além da doação de tempo e dinheiro, busca fazer com que o voluntariado receba muito mais do que ele irá doar durante essa experiência, como novos amigos, conhecimento sobre assuntos críticos que o mundo ainda enfrenta nos dias de hoje, conhecimento e entendimento da cultura local e a possibilidade de fazer a diferença na vida de outra pessoa.
    Além disso, essa bagagem cultural é cada vez mais valorizada pelas empresas que buscam profissionais com formação mais abrangente.

     

    Animais e Vida Selvagem

    Países: África do Sul, Costa Rica, Guatemala, Índia e Tailândia.

    Crianças e Adolescentes

    Países: África do Sul, Índia, Nepal, Sri Lanka e Tailândia.

    Comunidades Carentes

    Países: África do Sul, Argentina, Guatemala, Índia, Nepal, Sri Lanka e Tailândia.

    Meio Ambiente

    Países: Argentina, África do Sul e Ilhas Seychelles.

    Educação

    País: África do Sul 

    Saúde

    País: África do Sul

    Serviços Sociais

    País: África do Sul

    Pré-requisitos e duração:
    Ter mais de 18 anos;
    Conhecimento intermediário de inglês ou do idioma do país escolhido;
    Desejo de trabalhar seriamente no projeto escolhido.
    Os projetos do programa de trabalho voluntário possuem duração a partir de 2 semanas com datas de início durante o ano todo, podendo ter pausas nas épocas de Natal e Ano Novo.

    Perguntas frequentes:

    Preciso pagar para participar do programa de Trabalho Voluntário? Embora o programa seja de voluntariado, não se excluí o pagamento de uma taxa de participação, pois o programa envolve diversos custos. O valor cobrado é para arcar com os custos de orientação na chegada ao destino, seleção e escolha de projetos, acomodação, refeições e suporte ao participante durante o programa, além de uma doação ao projeto que recebe o voluntario.

    Posso escolher a área de trabalho e o país? Sim, é possível escolher o projeto e o país para onde você quer viajar.

    Qual a duração de programa de voluntariado? Temos opções de projetos com duração a partir de 2 semanas. O mais longo é de 52 semanas.

    Posso combinar outros intercâmbios com o Trabalho Voluntário? É muito comum aliar cursos de idiomas nos países ou em destinos próximos ao local do trabalho voluntário para aprimorar o idioma. É também muito comum que o voluntário faça viagens de turismo, após o termino do projeto para conhecer outros destinos. Converse com seu consultor, ele te apresentará as melhores alternativas.

  •  Estágio

    Estágio e Trainee nos Estados Unidos

    Idade: De 18 a 30 anos.

    Idioma: Inglês Avançado.

    Duração: 1 ou 12 meses.

    Remuneração: Há vagas remuneradas e não remuneradas.

    Experiência profissional nos Estados Unidos: Comece a sua carreira profissional com uma bela vantagem, fazendo um estágio profissional nos Estados Unidos. Você vai ter a oportunidade de aperfeiçoar o seu inglês enquanto desenvolve várias habilidades profissionais no dia a dia de uma empresa americana, além de fazer contato com pessoas do mundo todo e conhecer uma nova cultura.

    Você ganhará uma bagagem que vai ser um grande diferencial no momento de ingressar no mercado de trabalho.

    E no final do curso, como ninguém é de ferro, você é presenteado com um mês de permanência “Grace Period” para viajar e se divertir pelo Estados Unidos.

    Sobre o programa de estágio e trainee nos EUA: O Internship USA é um programa regulamentado pelo governo norte-americano, que proporciona experiência profissional através de um estágio em empresas dos Estados Unidos, na área de estudo do participante. Pode ter duração de seis ou doze meses.

    O candidato é o responsável por encontrar sua própria vaga de estágio. Antes de embarcar para os Estados Unidos, o candidato deve estar disposto a dedicar seu tempo na busca de oportunidades de estágio através de contatos, internet e outros meios de comunicação.

    É um programa para adultos independentes que procuram uma experiência de trabalho no exterior para desenvolvimento pessoal, enriquecimento do currículo e que buscam o ingresso no mercado de trabalho. Existem vagas remuneradas e não remuneradas, e o valor mensal é definido pelo empregador, de acordo com a vaga.

    Pré-requisitos:

    Ter entre 18 e 30 anos.

    Nível de inglês avançado. Entrevista por telefone com a Organização e/ou empregador também pode ser necessária.

    Ser estudante de graduação, pós-graduação ou ser recém formado há até 12 meses (não podendo embarcar após 12 meses da conclusão do curso).

    Experiência na área é um diferencial.

    Principais benefícios do programa:

    Crescimento pessoal.

    Imersão em uma cultura diferente.

    Possibilidade de praticar a língua inglesa em ambientes formais e informais (em algumas regiões o espanhol também é muito utilizado).

    Possibilidade de fazer novos amigos de diversos países do mundo.

    Intercâmbios de trabalho oferecem boa relação custo-benefício.

    Proporciona um ambiente de desenvolvimento de competências e atitudes, tais como: flexibilidade, jogo de cintura, visão de mundo e capacidade de negociação e adaptação. Comportamentos que fazem a diferença para iniciar uma carreira de sucesso.

    Plano de treinamento e acompanhamento, onde você vai aplicar as competências acadêmicas no seu programa de estágio.

    O “Grace Period” permite que você faça uma viagem de um mês após o término do programa para se divertir nos Estados Unidos.

    Tudo o que você precisa saber sobre o programa

    Duração: 1 ou 12 meses (Embarques durante todo o ano).

    Como funciona: O estágio nos EUA segue as mesmas bases de um estágio no Brasil – o candidato poderá vivenciar desde tarefas básicas como arquivar documentos, tirar xerox, atender telefonemas e pode, dependendo de seu desempenho, evoluir dentro da empresa. O candidato pode trabalhar em uma mesma função durante todo o programa, exceto Hotelaria, área em que o candidato irá estagiar em pelo menos três setores. Antes do embarque, o candidato recebe um programa de estágio desenvolvido especialmente para ele e para o período do programa.

    Tipo de visto: J-1 Training

    Jornada de estágio: Varia de acordo com a necessidade do empregador. São comuns semanas com 20 a 40 horas de trabalho, mas é possível ter menos ou mais horas, podendo incluir finais de semana e feriados, dependendo da demanda. Em alguns casos existe a possibilidade de horas extras, mas as condições serão combinadas diretamente entre participante e empregador.

    Remuneração: A remuneração é definida pelo empregador e de acordo com a vaga. A média salarial durante o programa ficará entre US$ 7,25 a US$ 12,00 por hora, variando conforme empregador e função. Esses detalhes serão informados na oferta de trabalho. Note que cerca de 10% do salário será deduzido (referente a taxas e impostos). Ao chegar no Brasil, você pode requerer parte desta dedução de volta.

    Empregador: A empresa que contratará o candidato deve ter os seguintes documentos/registros:

    Website válido.

    Worksman Compensation.

    Número Dun e Bradstreet.

    Mais de 25 funcionários.

    Mais de 3 milhões de dólares de giro anual.

     

    Obs: Não serão aceitos candidatos que o empregador não fornecer esses documentos.

    Importante: O processo de aceitação do candidato pela organização americana pode demorar alguns meses, pois antes de aceitar o candidato a organização deve avaliar os seguintes itens: perfil do candidato, o Training Plan (programa de estágio que foi desenvolvido para esse participante) e o perfil do empregador. Em alguns casos a organização americana poderá agendar uma entrevista/visita com o empregador para comprovar se ele possui os pré-requisitos necessários para receber um Internship. Sugere-se que os candidatos enviem os documentos para serem avaliados com no mínimo 4 meses de antecedência, para que ele consiga embarcar na data pretendida.

    Acomodação: É uma responsabilidade do participante providenciar sua acomodação. O empregador ou a organização americana poderão indicar uma acomodação mais conveniente. Os custos são de responsabilidade do participante e variam de acordo com a localidade. Considere um mínimo de US$ 500 por mês. Normalmente, as acomodações são em hotéis ou albergues simples da região, alojamento para funcionários ou residências. Em muitos casos você poderá dividir o quarto com colegas.

    Refeições e Transporte: São pagos pelo participante e o custo varia de acordo com seus hábitos e necessidades. Em alguns casos, o empregador poderá oferecer descontos.

    Características das empresas e vagas de estágio:

    As colocações são feitas em empresas de diferentes portes e segmentos, inclusive ONG´s.

    As colocações são feitas em diversas cidades dos Estados Unidos.

    As empresas que contratam estão em busca de estagiários estrangeiros para proporcionar a eles a vivência em um ambiente de trabalho nos EUA.

    A colocação é sempre na área de estudo dos candidatos.

    Os participantes embarcam com o plano de estágio completo para todo o período do programa, e já sabem todas as atividades que irão desempenhar.

     

    Trainee Hospitality nos Estados Unidos

    Estágio em Turismo e Hotelaria AHA

    Idade: De 18 a 30 anos.

    Idioma: Inglês Avançado.

    Duração: De 6 a 12 meses.

    Remuneração: A partir de USD 7,25 por hora.

    Sobre o Programa de Estágio em Turismo e Hotelaria nos EUA (AHA): O Trainee Hospitality (AHA) é um programa que permite ao participante trabalhar por um período de seis a doze meses nos Estados Unidos, nas áreas de Turismo e Hotelaria.

    Você poderá trabalhar com Alimentos e Bebidas, Gastronomia, Recepção, Recreação, Lazer e Eventos, entre outras opções. O programa propõe o desenvolvimento do participante através do tripé “living, working and learning” e é destinado a jovens adultos, independentes, que procuram uma experiência de trabalho no exterior para desenvolvimento pessoal e enriquecimento do currículo.

    Pré-requisitos:

    Ter entre 18 e 30 anos.

    Nível de inglês avançado – equivalente ao TOEFL 500. Entrevista por telefone com a organização e/ou empregador também pode ser necessária.

    Ser estudante de graduação (há pelo menos 2 anos), pós-graduação ou recém-formado nas áreas de Hotelaria, Turismo, Gastronomia ou Lazer/Entretenimento. Outra opção é que o candidato tenha combinado no mínimo um ano de faculdade com (no mínimo) um ano de experiência na área de estudo.

    *Os candidatos interessados nas posições de Front Office deverão possuir experiência comprovada mínima de um ano na função.

    Principais benefícios do programa:

    Crescimento pessoal.

    Imersão em uma cultura diferente.

    Possibilidade de praticar a língua inglesa em ambientes formais e informais (em algumas regiões o espanhol também e muito utilizado).

    Possibilidade de fazer novos amigos de diversos países do mundo.

    Intercâmbios de trabalho oferecem boa relação custo-benefício.

    Proporciona um ambiente de desenvolvimento de competências e atitudes, tais como: flexibilidade, jogo de cintura, visão de mundo e capacidade de negociação e adaptação.

    Plano de treinamento e acompanhamento, onde você vai aplicar as competências acadêmicas no seu programa de estágio.

    Certificado da American Hospitality Academy e da American Hotel and Lodging Association.

    O “Grace Period” permite que você faca uma viagem de um mês após o termino do programa para se divertir nos Estados Unidos.

    Tudo o que você precisa saber sobre o Programa Trainee Hospitality (AHA) nos EUA

    Duração: 6 a 12 meses. Os embarques acontecem durante todo o ano.

    Tipo de visto: J-1 Training, concedido através do documento DS-2019.

    Jornada de estágio: Varia de acordo com a necessidade do empregador. São comuns semanas com 20 a 40 horas de trabalho, mas é possível ter menos ou mais horas, podendo ser incluídos finais de semana e feriados, dependendo da demanda. Em alguns casos existe a possibilidade de horas extras, mas as condições serão combinadas diretamente entre participante e empregador.

    Posições: O candidato atuará em uma das posições oferecidas – Culinary, Food service, Front Office, Housekeeping, Resort activities, dentre outras. Sendo que ele poderá exercer várias funções dentro da área escolhida, como por exemplo, um candidato que foi escolhido para atuar no Food Service poderá trabalhar um período como garçom, outro como assistente de garçom e outro como host e assim por diante. As posições serão definidas de acordo com as habilidades dos participantes e necessidades do empregador.

    Colocações: As colocações são feitas em diversas cidades dos Estados Unidos.

    Remuneração: Mínimo de US$ 7,25 por hora.

    Seminários: Oferecido através do E-program via internet, os candidatos participam de seminários semanais, além de contar com o suporte e avaliações durante todo o programa.

    Transporte: Os custos são de responsabilidade do participante.

    Acomodação: A Organização ou o Empregador poderão indicar a acomodação mais conveniente. O aluguel é pago pelo participante – o valor varia de um lugar para outro, portanto, considere um mínimo de US$ 400 por mês.

     

    Estágio Profissional na Austrália

    Idade: De 18 a 30 anos.

    Idioma: Inglês Avançado.

    Duração: 12 a 52 semanas.

    Experiência de estágio na Austrália: Os programas de estágio na Austrália da Australian Internship são perfeitos para quem deseja viver uma experiência internacional e trabalhar na Austrália, além de enriquecer o currículo, aprimorando os conhecimentos no idioma e aprendendo ainda mais sobre as atividades de sua área de atuação em um outro país.

    Sobre o programa: Os programas de estágio são direcionados para jovens estudantes ou recém-formados de 18 a 30 anos de idade que desejam obter uma experiência profissional em sua área de estudo/atuação e conhecer o mercado de trabalho australiano.

    Benefícios do programa:

    Vivenciar uma nova cultura.

    Diferenciar e melhorar o currículo.

    Adquirir experiência profissional internacional.

    Aperfeiçoar o inglês e desenvolver o vocabulário técnico da área de atuação.

    Expandir network profissional.

    Conhecer e atuar no mercado de trabalho na Austrália.

    Pré-requisitos:

    Idade entre 18 e 30 anos;

    Nível de inglês Intermediário-avançado ou Avançado;

    Ser estudante de nível universitário, pós-graduado, de extensão ou ser recém-formado (Até meses para Professional, Stipend e STEM e até 18 meses para Hospitality);

    Ser flexível em relação ao local de colocação;

    Específico para o Programa Stipend: Comprovar mínimo de quatro meses de experiência na área que deseja se candidatar (deve ser na área de estudo/formação);

    Específico para o Programa Hospitality: Possuir mínimo de 06 meses em período integral de experiência na área.

    Locais de colocação: Há vagas disponíveis em diversas cidades australianas, sendo que a maioria delas está concentrada nas grandes cidades. Independentemente disso, é necessário que o candidato seja flexível quanto ao local de colocação.

    Tempo de colocação: A colocação em uma empresa australiana pode levar entre quatro e oito meses para acontecer, a partir do momento que a organização recebe a aplicação.

    Transporte: Os custos de transportes pelo país são de responsabilidade do candidato.

    Acomodação: Os custos de moradia no país são de responsabilidade do candidato, mas a organização Australian Internship auxilia a providenciar a acomodação desejada pelo candidato. Há acomodações em casas de família, hostels ou acomodação compartilhada.

    Sugestão: Solicite acomodação em casa de família para as primeiras quatro semana e, uma vez no país, busque por outra opção de acomodação para o restante do período.

    Transfer: O transfer é opcional e o valor varia de acordo com a distância e região percorrida.

    * O processo de visto é realizado pela Australian Internships.

    ** O valor do programa não inclui despesas com Seguro Internacional de Viagem (Custo: AUD 20,00 por semana) e Visto (Custo: Visto 408 – AUD 785 e  Custo: Visto 407 - AUD 955)

     

    Estágio profissional na China

     

    Idade: De 18 a 30 anos

    Idioma: Inglês Avançado

    Duração: A partir de 4 semanas

    Remuneração: Bolsa-Auxílio

    Experiência como estagiário na China: Se você quer um diferencial de verdade no seu currículo e ainda estar em contato com uma cultura diferente em um país em constante evolução, essa oportunidade é para você. Além do contato com uma cultura milenar e completamente diferente da nossa, você vai poder observar e aprender com empresas de um país que é potência econômica mundial.

    Além disso, você vai praticar o seu inglês e até aprender um mandarim básico. Tradições antigas e as tecnologias mais avançadas esperam por você nesta viagem que vai proporcionar uma experiência única.

    Sobre o programa: O Estágio Profissional na China é um programa para estudantes e recém-formados, com ou sem experiência, por meio do qual o participante tem a oportunidade de vivenciar o mercado de trabalho e atuar na economia que mais cresce no mundo, além de descobrir a cultura milenar, o idioma e conhecer um país surpreendente.

    A duração é de três ou seis meses e há vagas nas principais cidades chinesas, em diversas áreas de atuação, de administração a design de moda. A remuneração varia de acordo com o empregador. Algumas vagas não são remuneradas, enquanto outras oferecem ajuda de custo para alimentação e transporte.

    Pré-requisitos:

    Ter idade entre 18 e 30 anos.

    Nível de inglês avançado, atestado através do exame no OPERADORA.

    Ser estudante de graduação, pós-graduação, ou ser recém-formado, preferencialmente.

    Experiência na área é um diferencial.

    Ser independente ou estar disposto a se tornar.

    Ser flexível a novas culturas e costumes.

    Comprovar que possui fundos para se manter durante o período do programa.

    Principais benefícios do programa:

    Crescimento pessoal.

    Imersão em uma cultura diferente.

    Conhecer e atuar no maior mercado emergente do planeta.

    Possibilidade de praticar a língua inglesa em ambientes formais e informais.

    Três horas de aulas semanais de mandarim.

    Possibilidade de fazer novos amigos de diversos países do mundo.

    Intercâmbios de trabalho oferecem boa relação custo-benefício.

    Desenvolvimento de competências e atitudes tais como flexibilidade, jogo de cintura, visão de mundo e capacidade de negociação e adaptação.

    Plano de treinamento e acompanhamento, onde o candidato vai aplicar as competências acadêmicas no seu programa de estágio.

    Internship Certificate emitido pela organização/empresa.

    Tudo o que você precisa saber sobre o programa

    Duração: A partir de 4 semanas.

    Como funciona: O estágio na China segue as mesmas bases de um estágio no Brasil – o candidato poderá vivenciar desde tarefas básicas como arquivar documentos, tirar xerox, atender telefonemas e, dependendo de seu desempenho, evoluir dentro da empresa. O candidato pode trabalhar em uma mesma função durante todo o programa.

    Tipos de vagas: Existem vagas em diversas áreas, tais como Contabilidade, Publicidade, Arquitetura, Administração, Engenharia, Turismo, Entretenimento, Importação e Exportação, Moda, Finanças, Health Care, Hospitalidade, Recursos Humanos, Negócios Internacionais, Tecnologia da Informação, Mídia e Turismo.

    Tipo de visto: É necessário o Visto “F” Business Visa, e demora cerca de uma semana. A duração do visto F é de 30 dias e ele terá que ser renovado durante o programa.

    Jornada de estágio: Varia de acordo com a necessidade do empregador. São comuns semanas com 36 a 40 horas de estágio, mas é possível ter menos ou mais horas, podendo incluir finais de semana e feriados, dependendo da demanda. Em alguns casos existe a possibilidade de horas extras, mas as condições serão combinadas diretamente entre participante e empregador.

    Remuneração: Existem vagas remuneradas e não remuneradas, variando de acordo com a oferta do empregador. A maior parte das vagas com duração de três meses não são remuneradas. Algumas áreas não oferecem remuneração, independente da duração do programa. Entre elas estão Finanças, Moda, ONGs e Mídia.

    Acomodação: Será compartilhada com outros participantes do programa. Participante ficará em edifícios residenciais na região central ou nas proximidades, com fácil acesso aos meios de transportes públicos e opções de refeições a preços acessíveis. O quarto será individual privado. A maior parte das acomodações incluem microondas, cozinha, e máquina de lavar roupa. Também existe a possibilidade de Home Stay e apartamentos individuais, entretanto, estas opções não estão inclusas no programa e o candidato terá que pagar à parte.

    Refeições e Transporte: São pagos pelo estudante e o custo varia de acordo com seus hábitos e necessidades. Em alguns casos, o empregador poderá oferecer descontos.

    Locais de colocação: A maioria das vagas é em grandes cidades chinesas, como Beijing ou Shangai. Lembre-se que, dependendo da área, o estágio poderá ser realizado nos arredores das cidades.

    Posições: O programa não oferece “non-skilled positions”, ou seja, posições operacionais sem exigência de experiência acadêmica ou de mercado comprovadas. O candidato atuará na sua área de formação ou carreira. Os empregadores dão preferência aos candidatos com mais experiência.

    Idioma falado no ambiente de trabalho: Inglês ou mandarim. Os supervisores responsáveis pelos participantes sempre falam inglês. Assim que chegar à China, o participante terá que fazer um curso de mandarim antes do início do estágio, para que se acostume com o idioma.

    Seguro médico: Todos os participantes devem adquirir o seguro EASY antes do embarque.

    Aulas de Mandarim: São 3h de aulas semanais. As aulas são ministradas nas melhores escolas de mandarim na China. As turmas são pequenas (máximo de 10 por grupo) e as aulas são altamente interativas, incluindo role play, Q & A, simulações, vídeo e áudio. Os cursos são dados em regiões de fácil acesso aos meios de transporte nas proximidades dos Campus. Estão disponíveis todos os níveis de mandarim disponíveis, ministrados por professores da TCFL - certificada (Ensino de Chinês como Língua Estrangeira). O foco é em conversação e vocabulário de negócios. Para se habituar com o idioma antes da viagem, existe a possibilidade de o participante fazer um mês de curso de mandarim online, pagando o valor extra de USD 295,00.

     

    Demi Pair

    Além de linda, a Austrália é um dos países mais desenvolvidos e com um dos melhores padrões de vida do mundo.
    O programa Demi Pair é recomendado para aqueles que desejam aprimorar o inglês com a vantagem de não pagar por 12 semanas de acomodação e refeições.
    O Demi Pair vai ajudar a família hospedeira nas tarefas do lar e no cuidado de crianças durante 4 horas por dia, no máximo. Vale reforçar que a prioridade nesse programa é o curso de idiomas.

    O que inclui:
    Acomodação por 12 semanas em um quarto individual, com 3 refeições ao dia todos os dias.
    Transfer de ida do aeroporto a casa de família.
    Aplicação do Blue Card (que é um cartão obrigatório em Queensland para trabalhar com crianças com validade de 3 anos).

    O que não inclui:
    Curso de inglês para no mínimo 14 semanas.
    As demais taxas.

    Veja abaixo os diferenciais do programa Demi Pair

    Requisitos:
    Homem ou mulher acima de 18 anos.
    Nível intermediário de inglês.
    Visto de estudante.
    Ter experiência de trabalho com crianças.

    Duração: O participante deve estudar inglês por no mínimo 14 semanas, sendo que somente durante 12 semanas fará o programa Demi Pair. Após o término de 12 semanas, o participante pode permanecer na mesma casa de família contanto que avise com antecedência para que a família não se programe para receber outro estudante.

    Trabalho para a família: 20 horas semanais de segunda a sexta.

    Visto: De estudante.
    Com o visto de estudante, o participante ainda terá a oportunidade de trabalhar até 20 horas aos finais de semana, uma vez que o trabalho na família não é remunerado e é apenas de segunda a sexta.

     

    Estágio na Itália

    Na primeira parte do programa o estudante faz um curso de italiano. Você pode estudar nas cidades de Milão ou Florença. Este é um curso preparatório que visa melhorar as habilidades de comunicação no idioma italiano. O tempo do curso deve ser de pelo menos 4 semanas se o estudante já tiver o nível de italiano acima do intermediário. Participantes que completam o curso preparatório estão habilitados a realizar o estágio. A colocação no estágio é baseado na qualificação do candidato e experiência prévia de trabalho na área escolhida.

    2ª parte do Estágio na Itália – Trabalho não remunerado - Estágio na Itália

    Na segunda parte do programa de Estágio na Itália o estudante é colocado em uma empresa ou organização para estagiar em sua área de interesse. A colocação de trabalho é geralmente feita na mesma cidade do curso.

    Devido a isso é importante escolher a cidade de estudos de acordo com sua área de interesse.

    Por questões de regras de visto o brasileiro consegue fazer este estágio não remunerado geralmente por até 2 meses. Somando o tempo do curso de italiano, o programa tem duração de 3 meses no total - 90 dias é tempo que o brasileiro pode ficar na área Schengen sem a necessidade de aplicar para um visto.

    Como é o Estágio na Itália

    Os propósitos deste tipo de colocação de Estágio são:

    Melhorar as habilidades do idioma italiano com práticas diárias em um ambiente de trabalho italiano;

    Desenvolver habilidades profissionais;

    Compreender como o trabalho é conduzido na Itália;

    Obter uma experiência cultural.

    Os estágios são não remunerados e o estudante deve custear seus gastos de estada na Itália.

    A colocação de trabalho é feita pela escola de italiano que tem um departamento de estágio.

    Após a análise de seu nível de italiano e experiência profissional e acadêmica a escola vai em busca de vagas para este estágio.

    O estudante pode sugerir o tipo de empresa que lhe interessa e a escola tentará atender a isso. A colocação de estágio pode não ser exatamente no tipo de trabalho desejado, mas se havendo disponibilidade será em algo próximo.

    Como se trata de um estágio e com tempo curto, o participante deve saber que não irá “colocar a mão na massa”.  O programa trata-se mais de uma experiência de conhecer e observar a sua área em outro país.

    A empresa da Itália não irá oferecer um cargo tão importante já que o estágio tem dia para terminar.

    É a oportunidade de conhecer a visão de sua área em outro país. Além disso é uma ótima oportunidade de praticar o italiano na área profissional e ainda incrementar o currículo.

    Pré-requisitos para participar do Estágio na Itália

    O estudante brasileiro deve ter os seguintes pré-requisitos para fazer este intercâmbio:

    Nível de italiano intermediário ou mais, equivalente ao nível B1;

    Ser graduado ou ter experiência prévia na área desejada para o estágio;

    Mínimo 18 anos;

    Principais áreas do Estágio na Itália

    Veja as áreas onde o estudante brasileiro pode estagiar na Itália:

    Hotelaria e Turismo (hotéis, agências de viagem), Restaurantes e padarias, Escritórios de arquitetura e advocacia, Marketing, Têxtil (confecção e ateliês), Moda (negócios, merchandising, design), Design (interior, gráfico, industrial) e Fotografia (moda, assessoria de imprensa).

    A colocação do Estágio na Itália inclui:

    Reunião com o coordenador de estágio para detalhes sobre a experiência de trabalho;

    Seleção da empresa de acordo com as áreas de interesse, experiência prévia e disponibilidade na área escolhida;

    Entrevistas com empresas selecionadas;

    Monitoramento e definição de contrato entre candidato e empresa;

    Seguro cobrindo acidentes de trabalho pela duração do programa;

    Reunião com o tutor da empresa;

    Monitoramento regular da experiência de trabalho;

    Certificado de participação.

  •  Estudo com Trabalho

    Estudo com trabalho no exterior: O programa de Estudo e Trabalho no exterior é dirigido a estudantes que têm interesse em adquirir experiência profissional internacional e aperfeiçoar o inglês também fora da sala de aula. Os trabalhos podem ou não ser remunerados e a carga horária permitida varia conforme o país de interesse.

    Oferecemos programas de estudo e trabalho em áreas específicas. Neles, o estudante fará um estágio (geralmente, não remunerado) na sua área de interesse. Vale lembrar que esses estágios não são em posições estratégicas das empresas e servem apenas para complementar o programa de estudo no exterior. Nesse caso, o estudante trabalhará em áreas operacionais de hotéis, restaurantes, bares e eventos, e sua posição poderá variar conforme seu nível de idioma.

    Este programa é oferecido durante todo o ano, mas é importante saber que alguns países têm carga horária de trabalho diferenciada conforme a temporada.

    Confira as regras de cada país e os programas oferecidos.

     

    Estude e trabalhe nos Estados Unidos

    Visto: F1 (estudante)

    Regra para estudar e trabalhar nos EUA: Este é um programa de estágio não remunerado que acontece após o curso de inglês nos Estados Unidos. Para poder estagiar, o aluno precisará ter visto de estudante e ter concluído com sucesso um dos cursos que são oferecidos em parceria com escolas de idioma nos Estados Unidos. Além disso, é preciso ter cursado, pelo menos, quatro semanas de aula. Esse estágio deve acontecer durante o “grace period”, período de 60 dias nos quais o estudante pode permanecer nos EUA após o término do curso.

    Remuneração: O programa de estágio nos Estados Unidos não é remunerado.

    Duração/Período de trabalho: Até 20 horas por semana.

    Tipo de trabalho: Estágio na área de interesse do estudante. A vaga será oferecida em posições de trabalho que não são estratégicas, servindo como complemento ao conhecimento do aluno.

    Benefícios: Enriquecimento profissional, oportunidade de viver em um país com um dos melhores índices de qualidade de vida do mundo e fazer cursos reconhecidos internacionalmente.

    Gestão de Marketing - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Contabilidade - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Análise de Dados - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Sistemas Incorporados - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Engenharia e Qualidade de Software - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Tecnologia da Informação - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Gerenciamento de RH - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Programação - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Web Design e Exp do Usuário - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Certificação em TOEFL - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

    Administração e Liderança - Vale do Silício - 24 meses

    Estude e trabalhe no Vale do Silicio (EUA) com salário a partir de USD 75.000/Ano

    Duração: 52 Semanas   

     

    Estude e trabalhe no Canadá

    Visto: Estudante com permissão para trabalho

    Regra para estudar e trabalhar no Canadá: Para estudantes que farão um curso vocacional com duração a partir de 24 semanas, o visto com oportunidade de trabalhar é garantida. Oferecemos programas que combinam 12 semanas de curso com 12 semanas de estágio não remunerado ou remunerado, dependendo da área de estudo. Durante o período do curso vocacional, o estudante pode trabalhar 20 horas por semana e, durante o estágio, feito na segunda metade do programa, ele poderá trabalhar até 40 horas semanais. Para terminar o curso, as escolas oferecem duas semanas de feedback, e os estudantes deverão fazer trabalhos que aliem o curso à experiência profissional.

    Remuneração: O salário mínimo por hora no Canadá varia de CAD 10.45 a CAD 11.25, dependendo do estado. Os estágios podem ser remunerados ou não, dependendo da área de estudo. Em British Columbia, província que está localizada na cidade de Vancouver, o estágio ou trabalho é obrigatoriamente remunerado.

    Duração/Período de trabalho: Os cursos vocacionais vão de 26 semanas a dois anos, com possibilidade de extensão do visto para até três anos nas instituições públicas do Canadá.

    Tipo de trabalho: Os primeiros empregos no Canadá são, normalmente, na área de serviços, e podem variar conforme o nível de inglês do estudante. Os estudantes terão a sua primeira oportunidade de trabalho em áreas de atendimento em restaurantes, cafés, bares e hotéis. Para aqueles que estejam fazendo um programa de diploma, certificado ou pós-graduação, o trabalho não é recomendado --embora seja autorizado--, pois o ideal é que o aluno se concentre em sua formação. Após o curso, o estudante terá oportunidade de buscar um trabalho na área em que recebeu a certificação, dependendo da sua qualificação.

    Benefícios: Enriquecimento profissional, oportunidade de viver em um país com um dos melhores índices de qualidade de vida do mundo e fazer cursos reconhecidos internacionalmente, possibilidade de extensão do visto, além da oportunidade de fazer um curso vocacional com trabalho.

     

    Excellence For Business - Canadá

    O Diploma Excellence for Business no Canadá é oferecido pela ILAC School of Service Excellence.
    Este é um curso de negócios que tem como objetivo passar a cultura de “Customer Service”. Este é certamente um item que qualquer empresa de qualquer segmento precisa ter. Este é um curso para quem é um empreendedor apaixonado, altamente motivado e com um forte desejo de estudar e trabalhar no Canadá. Este Diploma lhe oferece uma experiência de mudança de vida, que lhe dará as habilidades que você precisa para ter sucesso em qualquer profissão.
    Excelência em Atendimento é uma filosofia e um estilo de vida. Ou seja, é sempre exceder expectativas e é a atitude que você precisa para ser bem sucedido. A grande vantagem é que fazendo este Diploma Excellence for Business o estudante brasileiro pode trabalhar legalmente no Canadá.

    A importância do Customer Service Excellence For Business no Canadá
    Muita gente não sabe sobre a importância do Custumer Service. Aliás, você sabia que:
    Somente 10% das empresas oferecem um nível de atendimento ao cliente que supera as expectativas do consumidor.
    As primeiras impressões de um cliente são formadas dentro dos 5 segundos de contato com a empresa e seus funcionários.
    É preciso 10 experiências positivas de um cliente para mudar uma primeira impressão negativa.
    Somente 10% das empresas possuem um programa formal para atingir os resultados desejados pelo cliente.
    Estudos mostram que custa 5 vezes mais para ganhar novos clientes do que para manter clientes já existentes.
    50% dos clientes que tiveram suas reclamações resolvidas não somente retornarão como promoverão a empresa a outras pessoas.

    O que o diploma Excellence For Business ensina: O Diploma Excellence for Business ensina a importância de “olhar” mais para o cliente para assim ter sucesso dentro de uma empresa.

    Sendo assim o programa ensina principalmente como:
    Entender as operações e técnicas de Customer Service (atendimento ao cliente);
    Desenvolver ferramentas de gestão e satisfação do cliente;
    Estudar casos de empresas de diferentes segmentos;
    Entender como empresas identificam a satisfação do cliente e entregam seu valor. O programa também apresenta palestras com executivos de altos cargos de empresas conceituadas. Os palestrantes dividem assim com os alunos os segredos do sucesso profissional.

    Duração do curso Excellence For Business
    Veja as opções de duração do curso Excellence for Business no Canadá:

    Programa de 48 semanas (24 semanas de Curso + 24 semanas de Estágio).
    Programa de 40 semanas (20 semanas de Curso + 20 semanas de Estágio).
    Programa de 26 semanas (24 semanas de Curso + 2 semanas de Projeto).

    Você pode fazer este curso Excellence for Business em Toronto ou Vancouver, no Canadá.

    Matérias estudadas no curso de 48 semanas: Customer Service Skills, Front Desk Services, Event Planning, Leadership, Food and Beverage Service, Sales Fundamentals, Human Resources Fundamentals e Final Project.

    Pré-requisitos para o curso Excellence For Business:
    Ter minimo de 18 anos;
    Ter nível de inglês pré avançado (haverá um teste online e entrevista pelo Skype);
    Ter o 2º grau completo;
    Fazer o Teste Wonderlic  que é um teste de matemática e conhecimentos gerais.

    Trabalhar durante o diploma Excellence For Business no Canadá
    Durante todo o programa é permitido ao estudante trabalhar legalmente, fora do campus, por 20 horas semanais. As posições de emprego são normalmente na área hoteleira em geral como alimentos e bebidas (bares e restaurantes) vendas, atendimento, cafés, supermercados, entretenimento, entre outros. A remuneração mínima costuma ser de cerca de CN$10,25 por hora. Os programas de 40 e 48 semanas incluem uma 2ª parte do estágio. O estudante deve estagiar na área estudada pelo mesmo número de horas estudadas na 1ª parte.

    O visto para o curso Excellence For Business: É preciso aplicar para o Visto de Estudante com permissão de trabalho.

     

    Estude e trabalhe na Austrália

    Visto: Estudante

    Regra para estudar e trabalhar na Austrália: O país permite que o estudante trabalhe por 20 horas semanais durante o período de aulas e por 40 horas semanais durante as férias. A cada 12 semanas de estudo, o aluno pode usufruir até quatro semanas de férias, que podem ser usadas para viajar ou trabalhar. Com duração mínima de 13 semanas e carga horária a partir de 20 lições por semana, o programa é ideal para estudantes que farão cursos de inglês ou profissionalizante e para aqueles que já têm nível de idioma e buscam uma nova colocação ou aperfeiçoamento profissional.

    Remuneração: O salário mínimo por hora na Austrália é de AUD 13,20, mas a remuneração dos estágios pode variar conforme a atividade profissional exercida. Em alguns casos, o estágio pode não ser remunerado, dependendo da área de estudo e do nível de inglês do estudante.

    Duração/Período de trabalho: A partir de 13 semanas de curso de idioma ou profissionalizante, o estudante poderá trabalhar 20 horas por semana durante o período do curso e 40 horas por semana durante as férias - que somente é concedida àqueles que têm curso superior a 12 semanas.

    Tipo de trabalho: Os primeiros empregos na Austrália são, normalmente, na área de serviços, e podem variar conforme o nível de inglês do estudante. Os alunos terão a sua primeira oportunidade de trabalho em áreas de atendimento em restaurantes, cafés, bares e hotéis. Para os que estão fazendo programas de certificados, diplomas, graduação e pós-graduação, o trabalho poderá ser na área de estudo, porém não é garantida a remuneração.

    Benefícios: Enriquecimento profissional, oportunidade de viver em um país com um dos melhores índices de qualidade de vida do mundo e de fazer cursos reconhecidos internacionalmente, possibilidade de extensão do visto, além de unir um curso de idioma com trabalho.

     

    Estude e trabalhe na Irlanda

    Visto: Não há necessidade, o visto pode ser solicitado ao chegar ao país. Para a obtenção da permissão de trabalho, é necessário apresentar toda a documentação exigida.

    Regra para estudar e trabalhar na Irlanda: Os estudantes têm a permissão para trabalhar quando inscritos em um curso de idiomas de, no mínimo, 15 horas semanais, com duração de, pelo menos, 25 semanas e em escolas registradas pelo governo irlandês. É possível trabalhar legalmente por até 40 horas semanais nos períodos de férias do país, já determinados pelo governo irlandês (junho a setembro e 15 de dezembro a 15 de janeiro), e 20 horas semanais durante o restante do ano. O curso Ano Acadêmico, com duração de 25 semanas, por exemplo, concede ao estudante mais dois meses de férias além do período de estudos, totalizando oito meses de visto. O estudante deve escolher o período de férias escolares que deseja antes do embarque, desde que considere que deve estudar no mínimo 12 semanas antes de poder usufruir das férias.  Essa regra deve ser seguida, pois nos documentos enviados à imigração constam as datas de início e término do curso e das férias especificadas. Todos os estudantes matriculados por 25 semanas ou mais devem fazer um exame oficial obrigatório ao final do curso e garantir que haja o mínimo de 85% de presença nas aulas. A frequência será registrada e o histórico de presença é encaminhado à imigração.

    Remuneração: O salário mínimo por hora na Irlanda é de EUR 9,25, mas as remunerações dos estágios e trabalho podem variar conforme a atividade profissional exercida. Em alguns casos, o estágio pode não ser remunerado, dependendo da área de estudo e do nível de inglês do estudante.

    Duração/Período de trabalho: O programa tem duração de 25 semanas de estudo e mais dois meses de férias, que podem ser utilizadas também para o trabalho. Os estudantes podem trabalhar por 20 horas semanais em períodos considerados como baixa temporada. Durante o verão irlandês (junho a setembro) e no final do ano (15 de dezembro a 15 de janeiro), é possível trabalhar até 40 horas por semana.

    Tipo de trabalho: Os primeiros empregos na Irlanda são, normalmente, na área de serviços, podendo variar conforme o nível de inglês do aluno. Ou seja, os estudantes terão a sua primeira oportunidade de trabalho em áreas de atendimento em restaurantes, cafés, bares e hotéis. Em alguns casos, o estágio pode não ser remunerado, dependendo da área de estudo e do nível de inglês do aluno.

    Benefícios: Ganho profissional, morar em um dos países com melhor índice de qualidade de vida, fazer cursos reconhecidos internacionalmente, possibilidade de trabalho integral em alta temporada, oportunidade de fazer um curso de idioma com trabalho.

     

    Estude e trabalhe na Nova Zelândia

     

    Visto: Estudante. 

    Regra para estudar e trabalhar na Nova Zelândia: Tem direito a trabalhar no país o aluno matriculado em um programa de estudo a partir de 14 semanas, ou em uma escola chancelada pela NZQA (New Zealand Qualificatons Authority) como de categoria 1, desde que o curso tenha, pelo menos, 20 horas de lições por semana.

    Remuneração: O salário mínimo por hora na Nova Zelândia é de NZD 10,92, mas as remunerações dos estágios e trabalhos podem variar conforme a atividade profissional exercida. Em alguns casos, o estágio pode não ser remunerado, dependendo da área de estudo e do nível de inglês do estudante.

    Duração/Período de trabalho: A partir de 14 semanas de aulas de idioma ou profissionalizante, o estudante poderá trabalhar 20 horas por semana no período do curso e 40 horas por semana em seu período de férias – concedido apenas para aqueles que fazem cursos com mais de 12 semanas de duração.

    Tipo de trabalho: Os primeiros empregos na Nova Zelândia são, normalmente, na área de serviços, e podem variar conforme o nível de inglês do aluno. Ou seja, os estudantes terão a sua primeira oportunidade de trabalho em áreas de atendimento em restaurantes, cafés, bares e hotéis. Para os que estão fazendo programas de certificados, diplomas, graduação e pós-graduação, o trabalho poderá ser na área de estudo, mas a remuneração não é garantida.

    Benefícios: Ganho profissional, morar em um país com um dos melhores índices de qualidade de vida, fazer cursos reconhecidos internacionalmente, possibilidade de extensão do visto, oportunidade de fazer um curso de idioma com trabalho.

     

    Estude e trabalhe em Malta

     

    Visto: Estudante 

    Regra para estudar e trabalhar em Malta: O país permite que estudantes internacionais trabalhem a partir da 13ª semana de curso, após terem o visto de estudante e a permissão de trabalho aprovados. Nas 12 primeiras semanas em Malta, o aluno estudará com o visto de turista.

    Remuneração: O salário mínimo por semana em Malta é de EUR 172,51, mas a remuneração pode variar conforme a atividade profissional exercida.

    Duração/Período de trabalho: Após a 13ª semana de curso de idioma, o estudante poderá trabalhar por 20 horas semanais por um período máximo de um ano. Para isso, é preciso estar matriculado em um curso de no mínimo 15h semanais.

    Tipo de trabalho: Normalmente, os primeiros empregos em Malta são na área de serviços, mas podem variar conforme o nível de inglês do aluno. Os estudantes terão a sua primeira oportunidade de trabalho em áreas de atendimento de restaurantes, cafés, bares e hotéis. O governo maltês possui um portal chamado Jobsplus que conecta empregadores e empregados, auxiliando no processo de colocação do aluno.

    Benefícios: Ganho profissional, networking, prática do idioma fora de sala de aula, aperfeiçoamento do currículo, interação com a cultura local em um ambiente de trabalho real e possibilidade de renda extra durante o intercâmbio.

     

    Estudar e Trabalhar em Dubai nos Emirados Árabes

    Dubai é um dos Emirados dos Emirados Árabes Unidos e tem cerca de 2,7 milhões de habitantes. Dubai é conhecida como a cidade do futuro.  Fazer intercâmbio em Dubai é morar em um dos países mais modernos do mundo.
    Quando se pensa em Dubai logo vem à mente riqueza, petróleo e uma arquitetura esplendorosa. E isso é realmente verdade. Dubai é a 5ª maior economia em crescimento do mundo e tem uma infraestrutura turística invejável. Dubai representa tudo o que há de mais sofisticado no planeta. 85% da população de Dubai é formada por estrangeiros. Apesar do árabe ser a língua oficial, o inglês é o idioma mais falado na cidade. Dubai é um ótimo destino aprender e praticar o idioma com pessoas de diferentes nacionalidades.

    Como Estudar e Trabalhar em Dubai:
    É preciso se matricular em um curso em Dubai com duração superior a 3 meses;
    O curso a ser estudado em Dubai pode ser de inglês ou em uma área específica;
    Não exige nível mínimo do idioma para estudar inglês;
    É permitido trabalhar legalmente durante o curso em Dubai.

    Os professores são certificados e nativos da língua inglesa. Há opção de cursos de inglês geral com carga horária de 15 e 30 aulas semanais. O estudante pode conciliar o curso de inglês geral com aulas de inglês para negócios, preparatório para o exame do IELTS ou aulas de conversão.

    O aluno brasileiro faz um teste de inglês e é colocado em uma classe correspondente ao nível.

    Não há limite máximo de horas para trabalhar em Dubai. O trabalho não pode atrapalhar os estudos.

    O Visto para Dubai: É preciso solicitar o visto no Brasil e não é necessária comprovação financeira.

    Tipos de Trabalho em Dubai: As posições de emprego são normalmente em trabalhos temporários principalmente na área de eventos. Em geral durante os estudos em Dubai, os estudantes trabalham em empregos temporários na área de eventos e hotelaria e também em cafés, lojas e restaurantes.
    É também possível conseguir trabalhar em posições em áreas especificas como escritórios de negócios, marketing, hotéis e parques. As vagas em setores mais específicos são mais concorridas e tem mais exigências de pré-requisitos como nível de inglês mais avançado e experiência de trabalho anterior.

    Remuneração em Dubai: Os estudantes costumam ganhar entre US$15,00 e US$30,00 (dólares americanos) por hora é geralmente possível pagar despesas com acomodação, transporte e alimentação com o salário. Os estudantes geralmente conseguem se manter com o salário.

     

    Estudar e Trabalhar em Londres

    Estudar e Trabalhar em Londres é um programa de intercâmbio para o brasileiro que deseja ter uma permissão de trabalho enquanto estuda em Londres.

    Para poder estudar e trabalhar em Londres o estudante brasileiro precisa se matricular em um curso reconhecido em uma instituição de ensino superior na Inglaterra.

    O estudante deve viajar para a Inglaterra com o Visto de Estudante britânico Tier 4.

    O pedido deste visto Tier 4 deve ser realizado no Brasil antes do embarque.

    Quais instituições permitem estudar e trabalhar em Londres? Para que o estudante brasileiro possa aplicar para o visto de estudante Tier 4, a instituição na Inglaterra deve ser autorizada a emitir o CAS (CAS significa Confirmation of Acceptance for Studies). O CAS é um documento que confirma oficialmente a matrícula do aluno em um programa de estudos na Inglaterra.

    Somente instituições autorizadas pela imigração inglesa podem emitir o CAS e assim permitem a aplicação do visto de estudante Tier 4.

    Há uma lista das instituições reconhecidas para a aplicação do visto Tier 4. Esta lista sofre alterações de tempos em tempos. É importante saber que somente o Visto de Estudante Tier 4 não garante a permissão de trabalho na Inglaterra. Além disso, para poder trabalhar durante os estudos na Inglaterra, a instituição inglesa deve ser reconhecida como uma HEI – Higher Education Institution, que recebe fundos públicos. Isso quer dizer que a instituição deve ser de ensino superior e com investimento público, ou seja, do governo. É devido a essa regra que cursos de inglês em escolas particulares da Inglaterra não dão permissão para trabalhar legalmente.

    Você até pode aplicar para o visto Tier 4 estudando inglês em uma escola particular reconhecida, mas não terá a permissão para trabalhar.

    Quais os tipos de cursos que permitem estudar e trabalhar em Londres? Se você fizer um curso em uma instituição de ensino superior na Inglaterra reconhecida e dentro das regras citadas acima, poderá trabalhar legalmente. Lembrando que a instituição deve ser de ensino superior, de investimento público e com a permissão para emitir o documento CAS. Essas instituições são Universidades e Colleges que oferecem diversos tipos de cursos. Em geral essas instituições oferecem Diplomas profissionalizantes, Bacharelados e cursos de Pós Graduação. Se a instituição de ensino superior oferecer cursos de inglês e tiver os reconhecimentos necessários, há permissão de trabalho. Apesar disso, é mais difícil encontrar universidades na Inglaterra que ofereçam somente cursos de inglês isolados. Na maioria dos casos os cursos de inglês são combinados a cursos de ensino superior, ou seja, preparatórios para um curso de nível superior. É sempre importante checar com a Universidade e College da Inglaterra quais os cursos abertos para estudantes estrangeiros não europeus.

    Instituições onde é possível estudar e trabalhar em Londres? Há opções de cursos de ensino superior em diversas áreas e para quem já tem nível de inglês avançado. Além de diversas áreas, há instituições em Londres e em outras cidades ao redor do Reino Unido.

    Vale ressaltar que para fazer um curso de ensino superior na Inglaterra é preciso ter nível de inglês avançado. É preciso prestar exames de proficiência da língua inglesa como o IELTS ou TOEFL.

    Permissão para trabalhar em Londres? Estudantes de graduação e pós graduação em Londres tem geralmente permissão para trabalhar em Londres por 20 horas semanais durante as aulas. Nas férias do curso é permitido trabalhar 40 horas semanais. Não há como garantir que o estudante irá arrumar um emprego, pois isso depende do perfil do estudante e do empregador gostar do mesmo. Mas é importante lembrar que estamos lidando com um país desenvolvido onde muitos empregos na área de serviços e atendimento ao público são oferecidos a estudantes estrangeiros, que estejam legais. Durante os estudos os estudantes costumam arrumar empregos nestas áreas de serviços, pois geralmente estão disponíveis para meio período.

    O salário mínimo na Inglaterra é atualmente de cerca de £7,20 a hora.

     

    PROGRAMA DE TRABALHO NA FRANÇA

    O programa tem como objetivo proporcionar ao estudante universitário o intercâmbio cultural por meio de uma experiência de trabalho remunerado.

    O programa tem duração de 2 a 3 meses e promove principalmente o desenvolvimento do idioma francês.

    Experiência de trabalho na França? Uma experiência de trabalho na França é muito valiosa para o desenvolvimento pessoal e profissional do estudante. Além de desenvolver outro idioma, o participante tem a chance de aprender, na prática, como lidar com pessoas de diversas nacionalidades, como se adaptar a novos ambientes e como trabalhar em equipe.

    Além disso o participante aprende a solucionar problemas no ambiente de trabalho e como funciona o mercado de trabalho na França.

    No programa de trabalho na França, a vaga de trabalho é garantida se o estudante for aprovado no Brasil.

    As posições de emprego são normalmente na área hoteleira em geral, como alimentos e bebidas (bares e restaurantes), vendas, atendimento, limpeza, entretenimento, entre outros.

    Não é necessário ter experiência específica na área, mas experiências de trabalhos anteriores contam muito na seleção do empregador.

    Há opções de emprego em diversas cidades da França e não é possível escolher o local de trabalho, já que isso vai depender do perfil do estudante e do empregador interessado.

    O candidato pode já sair com o local de trabalho certo daqui do Brasil ou pode ter uma ou mais entrevistas agendadas para o dia seguinte à sua chegada a Paris (máximo de 3 entrevistas).

    O salário na França? O participante trabalha, em média, de 30 a 39 horas semanais, dependendo do empregador. O candidato ganha um salário mínimo de 9,53 Euros por hora, com um desconto mensal de aproximadamente 25% de imposto governamental no valor total ganho.

    Pré-requisitos para o programa de trabalho na França

    Para participar deste Programa de Trabalho na França o candidato deve:

    Ter entre 18 e 26 anos;

    Estar frequentando um curso universitário e viajar durante as férias da faculdade (é possível fazer o programa assim que se formar se ainda tiver a carteira de estudante válida);

    Ter nível intermediário de conhecimento do idioma francês (haverá teste escrito e entrevista por telefone);

    Ter tido pelo menos uma experiência de trabalho anterior.

    O visto para a França? Para este programa de trabalho na França não é preciso tirar visto no Brasil. O visto será concedido na entrada da França e será necessário mostrar os documentos do programa.